Covid19DestaquesNotícias

Vacinação de crianças em VG deve ser realizada em escolas a partir da próxima semana

Powered by WP Bannerize

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra o novo coronavírus (Covid-19) deve começar na próxima semana no município de Várzea Grande. As doses devem ser aplicadas, provavelmente, em escolas municipais e estaduais.

Será necessário apresentar autorização dos pais ou responsáveis (ou que os mesmos estejam presentes). Não será preciso apresentar receita médica. As informações são da assessoria de imprensa da Prefeitura de Várzea Grande.

As primeiras 23 mil doses de vacina da Pfizer estavam previstas para chegar a Mato Grosso às 16h15 desta sexta-feira (14). Depois disso, devem ser distribuídas pela Secretaria de Estado de Saúde aos municípios.

Vale lembrar que, de acordo com as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacinação desse público precisa ser realizada em ambiente específico e segregado da vacinação de adultos; além de um ambiente acolhedor e seguro para a população.

Outra recomendação é que a sala em que se dará a aplicação em crianças seja exclusiva para a aplicação dessa vacina; não se podendo aplicar outras vacinas, ainda que pediátricas. A vacina contra Covid-19 não pode ser administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, precisando respeitar um intervalo de 15 dias.

O esquema vacinal para crianças terá o intervalo de oito semanas. O imunizante tem dosagem e composição diferentes da que é utilizada na dose para os maiores de 12 anos. A vacina para crianças será aplicada em duas doses de 0,2 mL (equivalente a 10 microgramas). A tampa do frasco da vacina virá na cor laranja, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas.

Todas as informações e recomendações sobre a aplicação da vacina contra Covid-19 para crianças de 05 a 11 anos foram repassadas aos secretários municipais em reunião ocorrida nessa semana com o Secretário Adjunto de Vigilância em Saúde da SES, Juliano Mello.

Imediatamente após a chegada do imunizante, as equipes da Vigilância Estadual trabalham no recebimento das doses, que consiste na conferência da quantidade, catalogação e no encaixotamento para retirada dos municípios.
Conforme Resolução da Comissão Intergetores Bipartite (CIB) nº 126 de 2021, as novas doses das vacinas contra a Covid-19 passarão a ser distribuídas mediante solicitação das gestões municipais.

A medida se deve ao risco de perda de doses, devido ao prazo de validade, e à baixa procura por imunização em alguns municípios. Desta forma, será encaminhado um quantitativo compatível com a necessidade local.

Essa logística já ocorre com todos os outros imunizantes da Campanha Nacional de Imunização e, agora, também passa a valer para as vacinas contra a Covid-19. As solicitações deverão ser feitas por meio do Sistema de Insumos Estratégicos em Saúde (Sies), conforme fluxo já estabelecido com as demais vacinas.

A Resolução ainda prevê que os municípios deverão solicitar o quantitativo de doses uma vez por semana, às sextas-feiras. A entrega das doses será realizada na semana seguinte.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 6.701.217 doses de imunizantes contra a Covid-19 e aguarda a chegada da primeira remessa para crianças de 05 a 11 anos.

Fonte: Olhar Direto

Powered by WP Bannerize

Botão Voltar ao topo